top of page
  • Foto do escritorTaylan Magalhães

Como Reagir aos Insultos das Pessoas?



Buda um dia estava passando por uma aldeia e algumas pessoas que estavam reunidas o insultaram. Ele as ouviu muito atentamente, muito amorosamente. Quando terminaram, ele disse: ''Se vocês disseram tudo o que queriam dizer, posso ir agora?. Por que tenho de chegar à outra aldeia antes que o sol se ponha. Se ainda tiverem mais coisas a dizer eu volto daqui há alguns dias e vocês então me dirão nessa ocasião''.


Ele estava absolutamente imperturbado, seu silêncio permanecia o mesmo, sua felicidade a mesma, a sua vibração a mesma. Aquelas pessoas ficaram intrigadas. Elas então o questionaram: ''Você não está zangado conosco?. Nós o insultamos, lhe dissemos coisas feias''.

Buda respondeu: ''Vocês terão de continuar intrigados. Chegaram um pouco tarde. Deviam ter chegado dez anos antes, daí teriam conseguido me perturbar. Neste tempo eu não era meu próprio mestre. Agora, vocês têm sua liberdade de me insultar, e eu tenho a minha liberdade de receber ou não seu insulto. Não o recebo.


Vocês me insultam, é verdade. Essa é a decisão de vocês. Sou livre para receber ou não seu insulto, e eu digo que não o recebo. O que vocês vão fazer com ele?. Eu também fico intrigado – porque na última aldeia em que estive as pessoas me receberam com doces e eu disse que não precisava; assim, elas tiveram de levá-los de volta''.

Então eu lhes pergunto: o que elas devem ter feito com os doces?. As pessoas então lhe responderam: ''Elas devem ter distribuído tudo na aldeia ou elas mesmas os comeram''.

Buda respondeu: ''Agora pensem em vocês. Vocês me receberam com esses insultos e eu disse: Já é suficiente, não preciso mais disso, não funciona mais. Então o que vocês vão ter de fazer?. Terão de levá-los de volta. Sinto muito por vocês''.

Este relato não visa deixar você na posição de ouvinte do Buda, e sim no lugar dele próprio: ''senhor de si mesmo''. Lembre-se que você não controla o que os outros fazem ou falam de você, mas você tem o poder de controlar sobre como você irá reagir diante daquela situação.

Se você se sente magoado, ofendido, perturbado ou insultado com as criticas alheias isso só mostra o quanto você ainda está identificado com os impulsos do ego. É o ego é quem se ofende, não a sua Essência. Sendo assim, agradeça àquelas pessoas que o insultam, pois elas estão apenas lhe fazendo o favor de lhe mostrar onde você ainda precisa trabalhar dentro de você. Você poderá sempre utilizar essas situações ao seu favor e fazer de cada circunstância desafiadora um degrau para a sua iluminação.

Autora: Samantha Iara Concolino


Espero poder ter lhe ajudado de alguma forma com está mensagem. Deixe a sua opinião nos comentários sobre o que você achou desse artigo e aproveite também para compartilhar desta informação com outras pessoas. Todo ato de ajuda gera um efeito multiplicador.


Taylan Magalhães


▸ Para mais informações sobre o meu Trabalho:


▪ Mentoria Espiritual: (Clique Aqui).

▪ Cura Arcturiana: (Clique Aqui).


Copyright © Portal Filhos da Luz. Todos os direitos reservados.

Siga-me nas redes sociais:

156 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 comentario


Miembro desconocido
06 abr 2022

Tenho que me curar do meu ego 😔

Me gusta
bottom of page