top of page
  • Foto do escritorTaylan Magalhães

Jeshua - Os Trabalhadores da Luz



Queridos amigos, eu sou Jeshua.


Eu amo todos vocês profundamente e respeito-os como são, respeito tanto o lado luz quanto o lado sombrio de cada um de vocês.

Na minha vida como Jesus carreguei uma tocha de luz e quis compartilhá-la com a humanidade. Eu era um ser muito humano, exatamente como vocês. Eu sentia raiva e desespero, exatamente como vocês, mas também vivenciava momentos de conexão profunda com a minha alma. Eu estava também me desenvolvendo no nível interno, exatamente como vocês.


Estou enfatizando isso porque é importante que parem de me enxergar como um ser ''perfeito'', como um mestre que está acima de vocês. Eu sou seu irmão, seu amigo e não estou aqui para julgar e nem fazer sermão. Desejo apenas compartilhar meus sentimentos de companheirismo com vocês, portanto, por favor sintam o meu respeito por vocês.


Eu gostaria de dizer ''Olá!'' para cada um de vocês individualmente, por isto peço que cada um sinta a minha presença em seu coração neste momento. Você está pronto para mudar, você está pronto para aceitar quem você realmente é: um ser eterno, que viajou através do Universo por muitas e muitas vidas.


Entretanto, ao longo dessas vidas você se acostumou a se fazer pequeno e a se avaliar pelos padrões da sociedade por onde passou. Você pensa em si mesmo como mulher ou como homem, como rico ou pobre, saudável ou doente, e se define nesses termos, mas você é muito mais do que isso. Você é um ser livre, porém a maior tragédia de se tornar humano na sua sociedade atual é que você perde o seu senso de liberdade.


Há muitos séculos a Terra está envolvida numa atmosfera de medo onde as pessoas se desconectaram do seu poder e da sua criatividade original. Quando você se sente separado da sua própria essência, começa então a se comportar de acordo com a maneira aceita pela maioria e então sai do seu equilíbrio.


Quando você se desconecta da sua alma, você se sente constantemente perdido e forma-se um vazio, um buraco em seu coração, que você então começa a tentar preencher com coisas que estão fora de você.


Você tenta preenchê-lo adquirindo posses materiais ou poder, ou se perde em visões de um relacionamento perfeito e romântico. Assim, você se torna viciado em tipos específicos de comportamento ou coisas do mundo. Contudo, o problema básico e raiz é que você se sente desconectado da sua própria essência, da sua alma.


O Trabalhador da Luz é um indivíduo que não consegue mais suportar a vida separada de sua alma. Ele sente uma espécie de anseio, uma espécie de saudade em seu coração, e à medida que fica mais maduro ele começa então a perceber que nada que vem do exterior pode preencher aquele buraco.


É por isto que os Trabalhadores da Luz passam a se interessar tanto pela espiritualidade; eles se tornam buscadores na senda espiritual. Eles começam a sua busca porque se sentem feridos internamente, mas seus ferimentos não são apenas deles; a dor da separação é compartilhada por toda a humanidade, embora uma grande parte dela ainda esteja buscando soluções fora de si própria.


As almas dos Trabalhadores da Luz estão cientes de que a resposta se encontra no interior de si mesmos e, devido a esta percepção, eles estão destinados a ser professores e curadores de outras almas.


Porém, muitos deles ainda estão lutando com uma autoimagem muito baixa. Quando criança, o Trabalhador da Luz assimila muitos dos julgamentos de sua família e da sociedade em que é criado e pode sentir, por exemplo, que não consegue ser tão ambicioso quanto seus pais gostariam que ele fosse.


Os Trabalhadores da Luz geralmente são pessoas muito sensíveis, possuem talentos artísticos, são idealistas, e precisam de momentos a sós consigo mesmos para vivenciar o silêncio e a tranquilidade de modo a se manterem centrados.


Parte da missão da alma do Trabalhador da Luz é introduzir um novo tipo de consciência na Terra, mas para ser capaz de fazer isto ele precisa acreditar firmemente em si mesmo. Ele precisa confiar na voz da sua própria intuição e nos seus sentimentos, porém não de modo egóico do tipo ''estou muito à frente de outras pessoas'', mas sim de um modo baseado no coração valorizando e respeitando a si mesmo, porque é assim que o seu coração consegue falar com você.


A armadilha para o Trabalhador da Luz é ele se perder em sentimentos de inferioridade, descartando as suas próprias necessidades e desejos. É preciso ele ter uma personalidade forte para ser capaz de se desconectar das ideias da sociedade e ser ele mesmo. E é isto que eu gostaria de enfatizar hoje: a importância de ser forte e autoconsciente. E isto tem a ver com a energia masculina em você.


Quando eu vivi na Terra, na personalidade de Jesus, muitas vezes eu precisava me isolar para me lembrar de quem eu era. Havia muitas energias confusas ao meu redor, especialmente das expectativas das pessoas próximas a mim. Eu precisava me proteger disso para permanecer conectado com o meu Eu Superior.


Muitas vezes eu ia sozinho ao deserto para me sentir realmente perto de Deus, do Pai, e manter a minha confiança. O mesmo acontece com você. Você é um habitante de dois mundos: tem um pé na sociedade humana de hoje, e o outro pé na dimensão da alma, o reino de onde você veio.


É preciso manter seu pé firme nessa dimensão, do contrário você fica paralisado e com medo devido à pressão da sociedade. Você precisa da sua energia masculina para dizer ''NÃO'' firmemente às exigências e expectativas que não parecem apropriadas a você.


Portanto, neste sentido você deve ser um guerreiro, mas não um guerreiro que briga e luta com outras pessoas. Ser um guerreiro significa ser fiel a si mesmo, ao seu coração, significa desconectar-se da frequência do mundo ao seu redor e ouvir os seus sentimentos, perceber as suas sensações e confiar na sua orientação interior.


Peço-lhe agora para que viaje comigo em sua imaginação para o deserto, e que vá lá durante a noite. A temperatura caiu e você vê o céu cheio de estrelas brilhantes. Imagine que está lá comigo, e sinta o mistério do imenso espaço à sua volta. Sinta o mistério da vida. Encontre um lugar para sentar-se, relaxe e volte-se para dentro de si mesmo. O deserto é como uma passagem externa para o seu próprio templo interior no qual você entra agora. Dentro desse templo, você se sente conectado com a totalidade da Terra e com todas as estrelas do Céu.


Você é um ser muito grande e vasto, e diz para si mesmo: ''Eu aceito a minha grandiosidade. Eu sou diferente; eu estou aqui para trazer uma nova consciência.'' Lembre-se de onde você veio: um lugar de sabedoria silenciosa, de onde você foi chamado para descer à Terra nesta época.


Você está aqui para curar os seus ferimentos internos e também para oferecer um exemplo às outras pessoas, peço-lhe que leve isto a sério. Quando você está dentro do seu templo interior, há um Guia ali que deseja lhe oferecer alguma ajuda ou conselho.


Lembre-se que os Guias são seus amigos. Vocês são almas muito afins, mas como eles estão do outro lado na outra dimensão, eles enxergam as coisas com mais clareza do que você com os seus olhos humanos.


Quando você permitir que os seus Guias se aproximem, reconheça-os então como seus amigos e sinta uma sensação de familiaridade. Agora pergunte aos seus Guias o que você precisa saber neste momento. Se você estiver aborrecido ou triste com alguma coisa da sua vida, conte-lhes. Sinta que há muita ajuda e orientação neste lado, nesta outra dimensão. Você é muito apreciado pelo que faz, e seus guias estão aí só para relembrá-lo de coisas que você já sabe.


Antes de descer à Terra e encarnar nesse corpo, você era um ser muito consciente, então sinta-se conectado com seus Guias, pois eles são os representantes da dimensão da sua alma.


Agora imagine que você sai do templo e traz a energia dele consigo para a Terra. Enquanto está sentado, permita que a energia do seu Eu Maior, da sua Alma, esteja totalmente com você dentro do seu corpo, e esteja ciente de que o mundo precisa de você, o mundo precisa da energia particular da sua alma.


Gostaria de lhe agradecer pela sua coragem e perseverança. Respeito-o profundamente e, mesmo se você estiver confuso ou sofrendo, eu ainda posso ver a sua luz brilhando intensamente. Estou aqui para lembrá-lo dessa luz e para convencê-lo da minha confiança em você.

Jeshua


Canal: Pamela Kribbe


Para ler todas as partes da Série: ''Trabalhadores da Luz'', estou disponibilizando abaixo a sequência completa desta série para aqueles que não acompanharam os artigos anteriores. Ao clicar sobre o tema você será automaticamente redirecionado para o artigo em questão.



Para mais informações a respeito de Jeshua e sobre a sua missão na Terra, eu recomendo lerem um outro artigo neste site chamado: ''Quem é Mestre Sananda'', onde nele eu falo mais sobre a origem cósmica de Jesus e também deixo algumas recomendações de Livros onde vocês poderão encontrar maiores informações sobre a vida de Jesus. Havendo interesse estou deixando o link do artigo abaixo.


(Clique aqui) para ler o artigo.



Espero poder ter lhe ajudado de alguma forma com está mensagem. Deixe a sua opinião nos comentários sobre o que você achou desse artigo e aproveite também para compartilhar desta informação com outras pessoas. Todo ato de ajuda gera um efeito multiplicador.


Taylan Magalhães


▸ Para mais informações sobre Terapias:


▪ Mentoria Espiritual: (Clique Aqui).

▪ Cura Arcturiana: (Clique Aqui).


Copyright © Portal Filhos da Luz. Todos os direitos reservados.

Siga-me nas redes sociais:

122 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page